Escolha uma Página

Arquitetura Reciclada

Quase todos os turistas que viajam para a Tailândia visita pelo menos um templo. Existem alguns templos verdadeiramente notáveis ​​que estão completamente fora da trilha batida por muitas pessoas. O templo Wat Lan Khuat em Khun Han, Isaan, que fica no nordeste da Tailândia é conhecido localmente como o Templo de Milhões de Garrafas.

Este é um templo real, onde os tailandeses vêm rezar todos os dias, e não apenas uma espécie de atração turística. Há três templos separados, além de mais 4 ou 5 edifícios feitos de garrafas. Muitas são garrafas de cerveja Heineken, mas também há um monte de garrafas de Red Bull.  Na verdade, há bem mais de um milhão compondo esses edifícios. Esta é uma maneira impressionante para reciclar.

Garrafas de vidro compõem as paredes, vigas e muros das instalações do templo. Incluindo o crematório, abrigos envolventes, e até mesmo os banheiros. Há uma estimativa de 1,5 milhões de vasilhames reciclados incorporados ao templo.

Coleta de Garrafas, Trabalho dos Monges

O monges iniciaram o trabalho coletando os vasilhames que usavam para decorar seus abrigos. Em 1984 e conseguiram juntar tantos que, além do templo, eles fizeram um complexo de 20 edifícios. Inclui, entre outras coisas, casas de banho, bangalôs, e uma torre de água. O material de construção brilhante atraiu mais pessoas que doaram mais vasilhames, até que finalmente eles tiveram o suficiente para construir o templo. Tampas também são integradas como murais de mosaicos decorativos. Indo além da utilização do vidro como material de construção sustentável. As garrafas de vidro usadas como tijolos de vidro reciclado à mostra, deixam a luz natural penetrar no espaço e facilitam a manutenção.

Garrafas na Arquitetura

O edifício principal é utilizado para cerimônias e festas, rodeado por um muro e suavemente colocado em cima de um espelho d’água com carpas coloridas. O design do templo é bastante interessante, com diferentes tipos e tamanhos de vasilhames simetricamente assentados em argamassa. Cinquenta anos atrás, a empresa Heineken Beer  lançou a ideia de remodelar sua embalagem de cerveja para ser útil como um bloco de construção. Essa idéia nunca saiu do projeto, então os monges budistas da província de Sisaket recolheram um milhão de vasilhames para construir o templo.

Reciclagem Levada a Sério

Quando se pensa em monges budistas, cerveja, provavelmente, não é a primeira coisa que vem à mente. Os monges do Templo levam a reciclagem a sério.  Através da reciclagem  de milhares de garrafas, os monges inegavelmente auxiliam o meio ambiente. É sabido que a reciclagem reduz as emissões que contribuem para a mudança climática. Além disso, esses monges contrariaram as práticas usuais de eliminação de lixo em seu país. Na Tailândia, em 2009, as taxas de reciclagem giravam em torno de 22 por cento, segundo os relatórios de Gestão de Resíduos do Mundo.

Arquitetura com Garrafas no Templo

O templo também melhorou as condições do entorno, usando vasilhames de Heineken (verde) e Chang (marrom). Os monges foram capazes de limpar a poluição local,  e criar uma estrutura útil. Lembrete visual para o que pode ser feito usando a criatividade na reciclagem dos resíduos nas comunidades.

Apesar dos edifícios únicos do templo feitos com material reciclado, os monges inspiram a ideia de que o templo ainda é um lugar de adoração e quietude. Assim, requer a mesma seriedade e compostura que qualquer outro templo na Tailândia. Leia também nossa matéria sobre Tijolo Ecológico.

 

Translate »
error: Não copie, compartilhe !!!

Pin It on Pinterest

Share This