Escolha uma Página
Meditação transcendental

A meditação traz inúmeros benefícios à saúde mental e física do ser humano. É uma prática comumente associada a religiões orientais. Dados históricos comprovam sua ancestralidade: ela é tão antiga quanto a humanidade. Centra-se entre a concentração e a contemplação. Desenvolveu-se em várias culturas diferentes, como Egito, Índia e América Central (Maias). É também um instrumento para o desenvolvimento pessoal, fora do contexto religioso, como uma prática de saúde integral. Continue lendo para saber muito mais sobre a prática milenar da meditação transcendental e seus benefícios.

“Penso noventa e nove vezes sem nada descobrir. Paro de pensar, mergulhado em profundo silêncio e a verdade me é revelada”. Albert Einstein

Postura do lótus

Meditação para dormir

Estudos comprovam que os praticantes de meditação desenvolvem menos doenças do coração e necessitam de menos cuidados médicos. Entre os benefícios estão uma mente mais alerta e criativa e aumento da capacidade de superar problemas. Diminuição da ansiedade e depressão, aumento da autoconfiança, diminuição da pressão arterial, das dores de cabeça. Traz também um aumento da memória e concentração, além de melhorar o sono e o bem-estar. Pratique a meditação para dormir melhor. A qualidade do sono está diretamente relacionada à qualidade de vida.

Meditar significa voltar a atenção para dentro de si, desligando-se do mundo exterior. Nossas mentes estão continuamente ligadas ao passado, através das memórias ou ao futuro, criando continuamente expectativas. Meditando vivemos o momento presente, separando e diminuindo a velocidade dos pensamentos conscientes rumo ao silêncio mental.

Meditação para ansiedade

A neurocientista americana Sara Lazar, da Escola de Mediciana de Harvard, desenvolveu pesquisas com o uso de tomógrafos computadorizados. Suas pesquisas comprovaram os benefícios reais da meditação para as pessoas que a praticam. Entre esses benefícios, estão a diminuição do estresse, da depressão, da ansiedade, dor e insônia, com consequente aumento da qualidade de vida. Seus estudos avaliaram pessoas que praticam a meditação há longo tempo. Essas pessoas tem a massa cinzenta mais volumosa nas regiões sensoriais e no córtex frontal. Essa expansão da massa cinzenta é também associada à memória de trabalho e tomada de decisões.

Meditação e qualidade de vida

No Brasil, o programa de desenvolvimento humano mindeduca, propõe uma abordagem dedicada a despertar a potencialidade nas pessoas. Sua metodologia, criada pela neuropsicóloga Regina Migliori é a aplicada por várias instituições educativas, governos e empresas. A meditação foi adotada por escolas do Espírito Santo, beneficiando 10.500 estudantes. O mindfulness e outras pesquisas sobre as práticas meditativas são adotadas como ferramentas de desenvolvimento humano.

Chakras

Chakra é uma palavra da língua sânscrita, que significa roda. Esse termo é usado na ioga e meditação como referência às rodas de energia do corpo. Os chakras são em número de sete, alinhados da base da coluna vertebral ao topo da cabeça. São rodas onde a energia universal ou prana, a força vital que nos mantém vivos e saudáveis, se encontra com nossa consciência e matéria.

Correspondem aos centros nervosos no corpo, nossos estados psicológicos, emocionais e espirituais. A meditação é uma das formas de manter os chakras alinhados, abertos e em movimento. The Chopra Center publica periodicamente dicas sobre como alinhar os chakras e manter a saúde física e mental, através das práticas meditativas.

Principais chakras do corpo humano

Conforto

A postura visa atingir maior profundidade, dissolvendo preocupações e problemas que bloqueiam a mente. Na posição de lótus, o pé esquerdo apoia-se sobre a coxa direita e o pé direito sobre a coxa esquerda. Algumas pessoas podem encontrar dificuldades em ficar nessa postura, como alternativa existe a postura japonesa. Essa postura é feita com os joelhos dobrados e o tronco apoiado sobre ambas as pernas, pondo um banquinho ou almofada sob os pés.

Entre as técnicas de meditação, está a postura de descanso chamada de lótus. As posturas de meio lótus ou lótus completo podem ser praticadas, aumentando a elasticidade na meditação diária até que se torne confortável. Sente-se em uma almofada, de modo que os dois joelhos fiquem apoiados no chão. Essa posição, com três pontos de apoio podem proporcionar grande estabilidade e conforto.

Postura para meditar

As costas devem se manter eretas, pescoço e cabeça alinhados com a coluna. Postura reta não significa rigidez, mantenha os olhos semiabertos, focalizados em um ponto à frente. Leve sorriso no rosto, seguindo a respiração até relaxar todos os músculos do corpo.

Postura correta para meditação

Abandone-se inteiramente, relaxando os músculos da face, descartando o medo, tristeza e preocupações. Pouse a mão esquerda com a palma virada para cima sobre a palma da mão direita. Solte os músculos dos dedos, braços e pernas, como um lótus flutuando nas águas do rio.

A meditação pode ser feita em pé, melhorando a postura, com a técnica conhecida como Zhan Zhuang. Essa técnica é indicada para pessoas com pouca flexibilidade e dificuldades nos joelhos e coluna. Pratique um pouco todos os dias até que o tempo traga resultados profundos, rumo ao Nirvana. Muitos frutos poderão ser colhidos no caminho, como a melhora na concentração, consciência, autodisciplina e paz.

Respiração adequada

Observe sua respiração e solte cada músculo do corpo, aguardando a chegada da serenidade profunda. Encha-se interiormente de paz e contentamento, mantendo-se na quietude, saboreando o espírito. Meditações respiratórias são boas para acalmar a mente e iniciar o desenvolvimento de sua visão intuitiva com relação aos pensamentos e sentimentos.

Energia universal do prana

Calma e visão intuitiva são componentes necessários para a meditação. Se sua mente estiver tranquila, pratique o desenvolvimento da concentração, visualizando ou aprofundando sua visão intuitiva quanto à natureza da realidade e do vazio.

“A ação perfeita é o fruto da meditação perfeita”.  Textos Hindus

Meditação matinal

Como qualquer outra atividade na vida, não é possível obter bons resultados se não colocarmos nossa energia com entusiasmo no que estamos fazendo. Pratique regularmente, várias vezes por semana ou medite todos os dias, mesmo que por alguns minutos. Com o passar do tempo, terá sessões cada vez melhores. A meditação matinal pode ser mais produtiva, pois nossas mentes estão mais quietas pela manhã. Interrupções na prática produzem desânimo no recomeço. Vigie para que não ocorram interrupções.

Determine um Local para sua prática

Escolha um local para a sua prática meditativa. Não importa se vai se assentar em uma almofada no chão, numa cadeira, sofá ou banquinho. Algumas pessoas precisam, inicialmente, de uma cadeira com encosto para apoiar a coluna. Trabalhe esse local para que seja o mais confortável e aconchegante possível. Um local tranqüilo e limpo, onde não possa ser perturbado.

Flor de lótus, símbolo da meditação

Se cerque de coisas propícias para que esse local lhe chame sempre para a sua prática. Definir um local, horário e uma postura corporal para meditar pode ajudar sua mente a aceitar mais rapidamente que aquele momento diário é para interiorização e quietude. Quando deitamos em nossa cama, nossa mente entende que é hora de dormir, portando a cama não é  um local adequado para meditar.

Comece com sessões breves

Medite por períodos curtos no início, de dez a trinta minutos. Termine a sessão com a mente e corpo ainda dispostos. Períodos iniciais muito longos podem ter como consequência um corpo dolorido e uma mente frustrada. A meditação não deve ser um fardo e sim um prazer. Respeite seus limites, a medida que sua habilidade for crescendo, vá aumentando o tempo.

Alerta e relaxado

Deixe de lado todos os problemas, preocupações e envolvimentos com o mundo quando estiver meditando. Relaxe corpo e mente durante a sessão, mergulhando no silêncio de seu mundo interior. Sinta-se à vontade e feliz. Observe o ritmo suave e natural da respiração e evite pensamentos que distraiam. O estado mental torna-se tranquilo e límpido. Sempre atento. No início, o sono pode chegar mas não adormeça! Registre pensamentos e sensações sem se envolver com eles.

Ilustração mostrando a localização dos chakras

Não crie expectativas

Desejamos vivenciar boas experiências com nossa prática, sem criar expectativas. Num dia poderá ter uma meditação calma e tranquila e no outro distrações e tumulto mental. Isso não deve ser motivo de frustrações. Não se perturbe com o que acontece. Experiências perturbadoras podem ser valiosas para o crescimento da sabedoria.

Extraia satisfação do fato de estar tentando meditar. Não pense que não é capaz. Resultados surgem lentamente, ao longo do tempo. Não espere resultados em semanas, antes, pense que os anos poderão trazer bons frutos. Não é possível eliminar hábitos criados durante toda a vida em semanas. Eles precisam ser gradualmente substituídos por outros, mais salutares. Seja generoso consigo mesmo, conhecendo suas limitações e avaliando o progresso de acordo com elas.

Meditação guiada

Aprendemos alguma coisa com o auxílio de alguém que já domine esse conhecimento. A orientação de um mestre que conheça o processo transformador é importante para o desenvolvimento de uma mente límpida e afetuosa, ainda que não seja fácil encontrar um mestre qualificado.

Entre as muitas qualidades de um mestre estão a compaixão, conhecimento, visão intuitiva, moralidade e sinceridade, além da clareza nas colocações. A busca deve ser tranquila. No momento certo, o orientador aparecerá. Antes que o mestre apareça, a sabedoria interior orientará os passos na direção certa.

A mente como um lago cristalino

Ensinamentos de Kenchen Rinpoche, ligado ao Tibetan Meditation Center, orientam sobre a impermanência da vida. Segundo o mestre tibetano, a fonte da felicidade e alegria é a bondade amorosa e a compaixão. Essas virtudes podem ser desenvolvidas com o auxílio da meditação guiada, de acordo com os ensinamentos budistas.

A propaganda não é a alma do negócio

É natural que queiramos compartilhar com todos os amigos as novidades acerca de nossos progressos. Não é uma boa idéia, a menos que exista um interesse real da pessoa no assunto. Falar de suas experiências para as pessoas dissipará a energia e o conhecimento intuitivo adquirido.

Não é necessário efetuar mudanças em seu estilo de vida. Continue fazendo o que sempre fez. Com o tempo, vai se tornar mais sensitivo e sereno. Haverá mudanças profundas, reais e benéficas. Essas mudanças são um tesouro conquistado que poderá beneficiar você e os outros.

Meditação na natureza

Energia consciente

A jornada interior é onde o fortalecimento espiritual se inicia, permitindo a escolha dos pensamentos criativos. Esses pensamentos tomarão o lugar dos automatismos mentais desenvolvidos ao longo dos anos. A paz, o amor e a harmonia substituem então, de forma gradativa, o estresse, o conflito e o caos. Resulta na liberação de uma energia consciente e positiva, aumentando a qualidade de nossas atitudes e ações.

No bramanismo, budismo, tantra e nas artes marciais a meditação é vista como um estado que transcende o intelecto. A mente é posta em silêncio até chegar à contemplação espiritual, de volta ao centro do ser.

Translate »

Pin It on Pinterest

Share This